Especialistas enalteceram crescimento do setor e insistiram no grande problema envolvendo bunker do modal

O primeiro dia do evento “A Hora da Cabotagem” contou com a presença de representantes de várias empresas que discutiram através de palestras e debates a importância da integração do modal na matriz de transportes brasileira.
Na abertura o diretor da Editora Update, Martin Von Simson falou sobre a importância do modal e o que precisa ser mudado para que ele possa crescer ainda mais. “A cabotagem tem crescido 20% ao ano e os terminais estão cada dia mais preparados e modernos. Nós temos safras crescentes, indústrias se espalhando pelo Brasil inteiro, mas o país continua em cima do modal rodoviário”.

No dia a Aliança Navegação que apresentou o filme inédito “Fazendo a opção pela cabotagem – Tutorial – Planejamento Passo a Passo”, pelo Gerente Geral dos Serviços de Cabotagem e Mercosul da Aliança Navegação, Gustavo Costa, anunciou também sua atuação de cargas de projeto a partir de 2014.

Foram discutidas ainda pelos especialistas o crescimento importante do setor e o grande problema do modal envolvendo os bunkers. “A redução do preço do bunker para a cabotagem é de extrema importância para equilibrar valores com o combustível fornecido para a navegação de longo curso”, explicou Fábio Siccherino, diretor comercial da Log-In Mercosul.

Em meio às palestras apresentadas sobre a transição da logística brasileira o evento contou com um debate moderado pelo presidente da ABAC (Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem), Cleber Lucas. O segundo dia de evento que acontece hoje contará com a apresentação de cases de sucesso da Ilos (Logística e Supply Chain) e da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

Para mais informações acesse: http://www.ahoradacabotagem.com.br/.

Fonte: Guia Marítimo